Hospital em Jardim triplica capacidade de atendimento

POSTADO EM.: 30 de julho de 2020 ...

Entregue nesta quinta-feira (30.7) pelos secretários Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e Geraldo Resende (Saúde), a ampliação do Hospital Marechal Rondon, em Jardim, vai triplicar a capacidade de atendimento da unidade – que poderá expandir os serviços para a microrregião da saúde.

A informação é do presidente do hospital, Elcio de Barros Galícia. “O prédio novo trouxe o Hospital Marechal Rondon do século XX para o século XXI. Nós ainda estávamos lá atrás em instalações. Com o apoio inegável do nosso prefeito e do governador, que compraram a nossa ideia, resistindo até outras que no momento não eram mais adequadas, nos propiciaram a chegar a essa parte aqui. Uma instalação nova, moderna, que vai propiciar um acolhimento muito bom aos nossos pacientes e uma condição de trabalho melhor aos nossos profissionais. Une o trabalho científico-profissional à necessidade de população”, disse o dirigente.

Segundo ele, somente no ambulatório são cerca de 3 mil a 3,2 mil atendimentos mensais no Marechal Rondon. O investimento na ampliação foi de R$ 4,166 milhões, além de repasse de R$ 714 mil para locação dos equipamentos e a assinatura de um convênio de R$ 1 milhão para a aquisição de equipamentos e mobílias.

De acordo com o secretário Geraldo Resende, o dinheiro do convênio para equipar o hospital será repassado em até 30 dias. É uma determinação do governador Reinaldo Azambuja de que nenhuma obra de hospital seja inaugurada sem que esteja equipada para entrar em funcionamento”, explicou. Ele também destacou que o investimento faz parte da regionalização da saúde, reduz o fluxo de pacientes para a Capital e aproxima a população dos atendimentos.

O secretário Eduardo Riedel destacou a importância da regionalização da Saúde e as medidas tomadas pelo governo para combater a proliferação do novo coronavírus por meio de uma gestão transparente. “Apesar de toda a dificuldade, essa página vamos virar. Mato Grosso do Sul tem obtido os menores indicadores [de contágio e morte]. Vamos dar continuidade naquilo que nos proporcionamos a fazer. A Covid não vai nos parar. Um objetivo é informar. Mato Grosso do Sul é o segundo mais transparente do Brasil com relação a Covid. Isso é tranquilidade, é calma. Não é só dizer o que é bom, mas dizer o que é. Isso o Geraldo [Resende] tem feito muito bem com a equipe de saúde”, afirmou.

O hospital novo é seis vezes maior que o antigo e as UTIs devem começar a funcionar na semana que vem. Em um breve discurso, o prefeito Guilherme Monteiro fez questão de agradecer os investimentos. “Secretário Eduardo, leve o nosso agradecimento ao governador por esse sonho que se torna realidade. Se Deus quiser em breve vamos dar início a sala de hemodiálise”.

Informações Governo MS